Chamada de “dentro para fora”, essa casa foi projetada para um casal e dois gatos. Primeiramente, o projeto teve início com base na ideia de que seres humanos e gatos vivem em uma mesma casa, ao invés de gatos que vivem em uma casa projetada para o ser humano. Como resultado, essa ideia trouxe um conceito: Uma casa que dentro dela você se sente do lado de fora.

Todos queriam a liberdade de entrar e sair enquanto permaneciam dentro de casa. Os quartos e banheiros são cercados por uma casca com aberturas cuidadosamente projetadas que permitem que o vento, a luz, o sol e a chuva entrem numa parte da casa. Assim, você se sente do lado de fora mesmo estando do lado de dentro.

De dentro para fora ou de fora para dentro?

Sim, a chuva entra. A ideia é para que os moradores aprendam, com o tempo, os lugares que a chuva atinge e assim escolher os melhores lugares para colocar os móveis e objetos. Do mesmo modo, os gatos podem escolher onde ficar para tomar sol ou se proteger. E as plantas foram plantadas no chão sob a abertura do telhado que permite a entrada da chuva.

Além disso, não há ar condicionado nesta casa. Durante as estações intermediárias ou de verão, tanto as pessoas como os gatos vivem ao natural, ou, em outras palavras, eles vivem livres. Em dias ventosos ou frios, você poderia ficar nas caixas internas ou na sala de estar com as portas de correr de vidro fechadas.
Como resultado, essa é de longe uma das casas mais interessantes que já vi. Deve ser porque tenho um gatinho. Mas também porque nesse projeto há uma busca pela coexistência com a natureza e seus elementos.
Arquiteto: Takeshi Hosaka
Localização do projeto: Kastushika-ku, Tóquio, Japão
Terreno: 149,59 m2
Área de Construção: 59,23 m2
Total: 91,15 m2
Conclusão: Setembro / 2010
Fotografia: Koji Fujii / Nacasa&Pertners Inc
Fonte: Dezeen

Write A Comment