Casa Varanda, o nome já diz tudo, totalmente envidraçada fica difícil estabelecer uma fronteira entre o interior e exterior. Foi feita para contemplar o jardim, que diga-se de passagem é maravilhoso. Além disso,  essa decoração despojada é um convite ao relaxamento. Deve ser uma delícia morar nessa casa. Principalmente no calor do Rio.

Não existem elementos arquitetônicos que interfiram na vista. A casa é a própria varanda que se abre para o exterior, por meio dos painéis de vidro, enquanto a vegetação garante alguma privacidade em relação à rua.

A casa divide o terreno longitudinalmente em dois. Essa implantação foi o princípio do projeto porque o objetivo inicial foi preservar todas as árvores centenárias. A sala está no centro, os dormitórios nos extremos. O telhado, desenhado com um beiral que vai 1,5 m além da parede de vidro, oferece proteção contra a insolação.

A estrutura metálica tem pilares metálicos espaçados a cada 8 metros, definindo uma planta retangular cujos detalhes são os mais simples possíveis. 

 Elevada do solo cerca de 0,80m (para evitar o contato com o solo úmido), a laje do piso é formada por vigotas de concreto que se apoiam nas vigas metálicas em perfil I, que por sua vez se apoiam nos 8 pilares metálicos.  A laje é concretada e revestida com piso cimentado.

A estrutura é em aço corten e foi erguida em apenas 15 dias, enquanto a  cobertura foi montada em apenas 1 dia. A claraboia se estrutura por meio de dois perfis metálicos horizontais em U.


 

 

 

 

 

 

casa varanda

Projeto: Carla Juaçaba

Local: Rio de Janeiro, Brasil
Área: 140 m²
Fotos: Fran Parente
via archdaily

Write A Comment